• Pastoral do Batismo


     A preparação para o Batismo é um momento em que podemos experienciar sobre a importância do nosso Batismo e de nossa vida religiosa na família e comunidade. A preparação para o Batismo se faz no primeiro sábado de cada mês. Contamos com uma equipe de sete pessoas. A inscrição para esta preparação é feita durante a semana que antecede o sábado, no horário comercial. O horário da preparação é das 13h45 às 16h. O Batizado acontece todos os domingos após missa 10h.
“Portanto, ide e fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo” (Mt 28, 19).

O futuro da nossa igreja começa aqui, venha trabalhar conosco. Nossa equipe precisa de você!

Coordenador: João Lamorea 

• Catequese de Primeira Comunhão

O documento 107, Iniciação à Vida Cristã: itinerário para formar discípulos missionários em seu artigo 133, destaca que a Eucaristia é um Sacramento direcionado pelo Batismo e Crisma. Dentre os Sacramentos, “a Eucaristia é uma culminância, um sinal de plena e definitiva inserção na Igreja”. Ao participar da mesa eucarística o crente se alimenta e se sente cada vez mais membro da Igreja. Como Sacramento que constitui o mistério central da vida cristã, é necessário desenvolver nas crianças sentimentos e atitudes que as levem a reconhecer o próprio Senhor no pão partido. A Paróquia de São Bento desenvolve o trabalho catequético atendendo as famílias da Comunidade, do Colégio Progresso e outras famílias que procuram por sua Pastoral. O diretor espiritual da Catequese da Eucaristia com crianças é o padre Marcelo que nos acompanha realizando mensalmente uma reunião com as catequistas. Nesta reunião somos por ele orientadas quanto à celebração da Liturgia. As atribuições deverão ser planejadas para as Missas que somos responsáveis: Missa na Igreja Matriz de São Bento, no segundo domingo de cada mês, às 10:00 e no Colégio Progresso, na terceira quinta feira de cada mês, às 18:30 e é desenvolvida por um período de três anos. Utilizamos como material didático o livro “Crescer em Comunhão” – Catequese Eucarística. O livro nos orienta no desenvolvimento dos nossos trabalhos, mas outras atividades são realizadas como auxiliares na reflexão e aprendizagem dos temas e compreensão do contexto das solenidades, cujas reflexões são tratadas nos encontros. 

Como metodologia, utilizamos os trabalhos em grupos, importantes por constituírem excelentes oportunidades para as crianças colocarem seus dons, habilidades e partilharem experiências entre si. As catequistas também utilizam textos complementares da internet e outros livros de formação cristã que propiciem a formação das nossas crianças. Em todos os encontros a leitura e reflexão dos temas são fundamentados na Palavra de Deus, então a atividade primeira da Catequese com as crianças é fazer com que elas comecem a ter familiaridade com a Bíblia. É muito gratificante perceber, após alguns encontros, como a criança vai se envolvendo com a Bíblia com desenvoltura, como ela se sente feliz em localizar a citação bíblica e sua disponibilidade e satisfação em ajudar aqueles que demoram um pouquinho mais. E quando elas tomam o gosto pela leitura, se oferecem para ler e até disputam espaço como leitores. Podemos ver, nitidamente, a ação de Deus, os frutos do Espírito Santo agindo em nossa Pastoral. Quão grande és tu, Senhor! Além da formação que objetiva uma iniciação à compreensão da ação de Deus à humanidade, a Catequese da Eucaristia procura desenvolver na criança, o entendimento dos diferentes momentos litúrgicos. Essa compreensão consiste em despertar nela o gosto pelas celebrações no sentido de que se disponha a participar de forma ativa ou passiva, louvando, agradecendo, fazendo intercessões ou silenciando o seu coração para que consiga ouvir e estar bem próximo ao Deus da vida ,cujo mistério nos debruçamos à medida que, com Ele, vamos nos envolvendo e nos sentindo amados. As catequistas preparam as crianças desde o primeiro ano, para que possam servir como leitoras nas leituras, nas preces, como coletores das ofertas e também nas entradas nos diferentes momentos que compõem os momentos litúrgicos. Convém lembrar, que respeitamos o tempo de cada criança; ela é convidada, mas é ela quem determina o momento de sua participação. A missa das crianças conta também com os fantoches comandados por um seminarista e uma catequista que realizam diálogos entre si, com o padre, com a comunidade, contam histórias para as crianças, para a comunidade; tudo para contribuir com o trabalho de evangelização! Como ainda não fizeram a Primeira Eucaristia, após a comunhão, as crianças da catequese recebem o pãozinho da partilha, que é partilhado com todas as crianças da comunidade. São feitas duas reuniões com os pais: uma no início do ano e outra no segundo semestre. Na reunião de início do ano é explicado aos pais o desenvolvimento das atividades, a necessidade das crianças serem acompanhadas pelos responsáveis em sua formação catequética, sobre a participação na Santa Missa e o exemplo da família que é imprescindível para a aquisição de hábitos e posturas cristãs; a contribuição com o diziminho na missa das crianças, objetivando desenvolver a alegria de partilhar um pouco do que somos e temos e que, no final do ano, é revertido numa ação caritativa em que os pais e as crianças são convidados a participar da entrega. Em 2017 e 2018, foram feitas doações de caixas de leite, ao lar Nossa Senhora das Mercês que atende crianças carentes. Na reunião do segundo semestre trata-se dos assuntos relacionados à Eucaristia, para definir toda a preparação para essa data tão importante. Todas catequistas se envolvem, é um momento de muita alegria para a nossa comunidade! Para que o nosso trabalho na Catequese esteja de acordo com a orientação e as normas da Igreja, fazemos parte do grupo de coordenadores do Vicariato São Bento, onde recebemos as orientações necessárias para este importante trabalho de Evangelização. O coordenador Diocesano é o padre Márcio Gaido que tem como assessor o padre Charles. Através deste grupo, recebemos o calendário com as datas de formação para as catequistas, para que possamos nos organizar e garantir a nossa participação. Todas as informações recebidas nos encontros de formação, são apresentadas nas reuniões mensais das catequistas com o padre Marcelo que acompanha e incentiva o grupo destacando sempre a importância desta Pastoral junto à Comunidade. Com ele, aprendemos, a partir da aliança de Deus com o profeta Isaías, a responder diante do chamado: “E eu disse: Aqui estou, Envia-me!” (Is 6,1-8). Coordenadora: Marisa Cayres

• Catequese Benditos de Meu Pai
Catequese Junto à Pessoa com Deficiência Intelectual

“Eu te louvo, Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste essas coisas aos sábios e inteligentes, e as revelaste aos pequeninos. Sim, Pai, porque assim foi do teu agrado…” Mt 11, 25-26 A catequese junto a pessoa com deficiência intelectual (PCDI) é o trabalho da Animação Bíblico-Catequética direcionada a jovens e adultos com deficiência intelectual na educação da fé para aqueles que não participam ou não acompanham a catequese regular. O que diferencia a catequese junto a PCDI é a metodologia. Como a PCDI tem mais desenvolvida a linguagem do coração do que a da inteligência, é fundamental que se lance mão de recursos apropriados para a motivação e comunicação, como uso de gestos, mímicas e posturas, encenações e figuras, músicas e símbolos… A catequese que realmente agrada ao coração de Jesus é aquela que chega ao coração do catequizando, seja por ideias, seja por atitudes. E toda pessoa humana – inclusive aquela com alguma dificuldade cognitiva – é capaz de captar o imenso amor de Deus por suas criaturas. Os encontros catequéticos, na paróquia, são às segundas-feiras, às 19h30. Coordenadora e Catequista: Márcia T. Carlos 3337-3753 e 9973-6353 “Venham e veja”. Você pode simplesmente participar de um ou dois encontros para um tempo de descoberta, depois escolher continuar…

• Pastoral da Crisma

    O sacramento da Crisma implica uma responsabilidade por parte de quem se dispõe a recebê-lo, com alegria, liberdade, espírito de busca e de fé. O trabalho dos catequistas em nossa paróquia é fazer aflorar nos jovens, a partir de 14 anos, potencialidades cristãs, através de uma catequese libertadora, prática e ligada à vida dos jovens e de suas famílias. Nossa pastoral conta com seis catequistas que se dispõem a preparar esses jovens durante todo o ano, com o objetivo de levá-los ao conhecimento de Cristo, despertá-los para a vida comunitária e envolver as famílias nesse processo. As inscrições são realizadas no início do ano na secretaria paroquial. Nossos encontros acontecem às quartas-feiras, das 19:30 às 21:00 e tem duração de um ano ou até que o jovem receba o sacramento da Crisma.
Coordenadora: Josi Ussoni

• Ministros da Eucaristia

Os ministros da Eucaristia são pessoas que são convidadas pelo pároco e preparadas através de cursos para ajudar os sacerdotes. A função dos ministros é principalmente a de levar a Eucaristia aos enfermos e as pessoas que não tem condições de participar das celebrações da Santa Missa nas Paróquias. Também ajudam o sacerdote a distribuir a Sagrada Comunhão nas missas em que haja grande número de fiéis.
A missão dos ministros da eucaristia deve ser:
• Participação constante nas celebrações de toda comunidade;
• Vida Eucarística na Igreja e na vida social;
• União com Cristo pela palavra, leitura e reflexão da Palavra de Deus.
Também é função do ministro da Eucaristia cuidar dos objetos sagrados como o sacrário, a âmbula, o altar, o cálice. É preciso cuidar para que esteja perfeito e bem cuidado. Tudo com muito carinho, amor e respeito. O ministro deve se preocupar em sempre usar trajes dignos de sua missão, de fazer uma breve adoração ao chegar ao altar, fazer genuflexão ao abrir e fechar o sacrário. Os ministros da Comunhão Eucarística devem colocar seu ministério acima de tudo, isto implica disponibilidade e presteza. O padroeiro dos ministros da Comunhão Eucarística é São Mateus Moreira. Sua figura e história tão comovente desperta em nós o devoto acolhimento do augusto mistério do Cristo presente entre nós na Eucaristia.
Coordenadora: Rosa Jovita

• Ministério de Música

A Pastoral da Música Litúrgica é responsável pelos cânticos executados na igreja, sob a orientação do Pe Marcelo Ap Souza. Ele nos direciona e nos conduz de acordo com os Tempos e momentos Litúrgicos. Os cantos são ORAÇÕES que devem estar intimamente ligados à Celebração Litúrgica, seja na Missa, no Batismo, nas Penitências e em outros Sacramentos. Nossa principal função é levar toda comunidade a participar; a música é parte da Santa Missa e ajuda a assembleia a rezar e entender a Palavra de Deus! Os instrumentos têm como objetivo dar apoio aos cantos. Eles são necessários e permitem a unidade entre as vozes e o povo de Deus.
Hoje, nossa equipe é composta por 30 integrantes e nos organizamos para animar as quatro Missas que acontecem nos finais de semana, bem como, toda última quinta-feira do mês no Colégio Progresso. Esta última e a missa de domingo, às 10 horas, são direcionadas às crianças da Catequese.
Santa Cecília, padroeira dos músicos, rogai por nós. Amém.

Coordenadora: Dayane

• Grupo de Jovens

O Grupo de Jovens da Matriz de São Bento acontece todos os domingos as 18h, na própria Igreja. Tem uma hora e meia de duração e é aberto para todos os jovens que frequentem ou tenham finalizado a Crisma.
Nas reuniões costumamos partilhar a Palavra de Deus com dinâmicas, oração, testemunhos de vida; sempre conduzida por um dos integrantes do grupo ou pregadores convidados. Além das reuniões semanais, ainda são realizadas por nós algumas atividades fora da igreja, tais como: a entrega de cesta básica para uma família; festas em ocasiões especiais como Natal, Dia das Crianças e Páscoa, onde junto com o Movimento de Evangelização Escalada, do qual a maior parte do grupo faz parte, vamos a bairros mais necessitados da cidade, ou então nos assentamentos Monte Alegre ou Bela Vista e entregamos brinquedos e ovos de chocolate para as crianças carentes.
O objetivo do grupo é inserir o jovem nas atividades da igreja e da comunidade, assim como dar vivência e continuidade ao que foi passado na primeira comunhão e crisma. A igreja precisa de nós, Jovens santos, que estejam no mundo, saibam saborear as coisas puras e boas do mundo mas que não sejam mundanos. Junte-se nós, aceita esse desafio?!
Coordenador: Guilherme

• Pastoral do Bebê

A Pastoral do Bebê é desenvolvida na Maternidade Gota de Leite. Nas visitas aos quartos, as voluntárias conversam com as mães sobre a importância e necessidade da religião na formação espiritual de seus filhos: nos colocamos à disposição das mães, oferecendo a oportunidade de receberem a Santa Eucaristia.
Materialmente, oferecemos um kit de enxoval, confeccionado com doações de lã e outros materiais. As voluntárias da Pastoral do Bebê visitam os quartos e/ou confeccionam e/ou doam materiais. Faça parte desta equipe você também!
Reunião: primeira terça-feira a cada dois meses, às 15 horas, na Rua Itália, nº 2069
A programação na maternidade inclui: visitas nos quartos, terças e quartas às 14 horas, iniciando com oração na Capela do Santíssimo na Maternidade e recitação do terço na primeira quinta-feira, às 7 horas, na Capela do Santíssimo.
Coordenadora: Stela

• Pastoral de Noivos e Namorados


   

O curso de noivos vai explicar a importância do casamento como sacramento e principalmente da vida da nova família que se formará. No curso de noivos, o casal participa de vários encontros com outro casal formador nos meses que antecedem a data do casamento. Nos dias de hoje, em que o mundo cultiva o individualismo, o egoísmo, o desrespeito, a indiferença, o desamor e as separações são tão comuns, se torna indispensável esta preparação do homem e da mulher para o sacramento do matrimônio. A inscrição é feita na secretaria da Paróquia quando da reserva da data para o casamento religioso, ou mesmo antes se possível.

Coordenadores: Iride e Diácono João Tognolli

• Vicentinos

A SSVP é uma organização católica internacional de leigos, fundada em Paris, no ano de 1833, por Antônio Frederico Ozanam e seus companheiros. Colocada sob o patrocínio de São Vicente de Paulo, inspira-se no pensamento e na obra deste santo, esforçando-se, sob o influxo da Justiça e Caridade, por aliviar os sofrimentos do próximo, mediante o trabalho coordenado de seus membros. Os membros da SSVP estão unidos entre si pelo espírito de pobreza e de partilha e procuram formar, no mundo inteiro, com aqueles a quem prestam auxílio, uma só família. A conferência São Bento, se reúne toda quinta-feira às 18h30, no porão da Igreja Matriz São Bento. Conheça essa Associação e ajude a Igreja a cumprir o dever de servir! Is 1,17 / At 6,1-4
CNBB: Doc 105, Item 161
Coordenadora: Maria Ozita Martins Bertote

Terço dos Homens

O Terço dos Homens acontece desde 08 de abril de 2010. É uma forma de contemplar Jesus com os olhos de Maria, tendo sido ela a criatura que mais perto esteve do Filho de Deus. Os devotos de Maria estarão sempre firmes na fé, mesmo em meio à tribulação. Participe conosco e conheça o poder desta santa oração e os benefícios que ela traz. A recitação das ave marias são cumulativas e tornam-se testemunho de fé e graças alcançadas, resgate de famílias e pessoas desacreditadas. O encontro do Terço dos Homens em nossa Igreja Matriz São Bento, acontece na primeira quinta-feira de cada mês às 20h piso superior. Entrada pela Av. São Paulo. Nosso trabalho social é arrecadar uma quantia mensal para ajudar uma família carente que adotamos.
Coordenador: Renato Luis Cabrera.

• Liturgia

A Liturgia, visa celebrar (= tornar célebre), dar importância, honrar, exaltar, em comunidade, a Santíssima Trindade de modo especial e celebrar os “santos mistérios”, os sacramentos e os sacramentais. A Liturgia é uma ação sagrada, com ritos, na Igreja e pela Igreja, pela qual se realiza e se prolonga a obra sacerdotal de Cristo, para a santificação dos homens e a glorificação de Deus (cf. SC,7). A Liturgia é o cume para o qual tende a ação da Igreja. A nós cabe a tarefa de cuidar para que a observância exterior no que diz respeito a palavras e gestos, cantos e imagens, vestes e objetos, tempos e lugares, corresponda a uma renovada e constante atenção para que não apenas sacerdotes e seminaristas recebam uma correta e intensa formação litúrgica, mas todos os fiéis de nossas comunidades, principalmente as equipes de Liturgia. Os coordenadores aqui em nossa paróquia são organizados por final de semana, eles reúnem-se mensalmente com o pároco, para a preparação deste ato sagrado. Procure um dos coordenadores das Equipes Celebrativas e venha viver este ato sagrado. Nosso serviço paroquial é um gesto de gratidão a Deus!

• Grupo de Oração Santo Estêvão (RCC)

O grupo de oração Santo Estevão foi criado só para orações para as pessoas principalmente servos de outros grupos que vinham para receber oração, o grupo começou a fazer a intercessão para escola Santo Estevão, mas no primeiro mês pediram oração e o grupo aconteceu no porão da igreja pois era onde nos reuníamos para a intercessão. No segundo mês havia aproximadamente 100 pessoas, foi quando pedimos para ir para igreja e o Padre Baldan, que era o pároco na época, autorizou. Também fomos conversar com Odilo, coordenador da Renovação Carismática em Araraquara, e ele disse que já seria um grupo de oração. O grupo começou no dia 7 de Abril de 2000, sempre com oração para as pessoas, pedindo o Batismo no Espírito Santo, louvor, orações de cura e libertação; percebendo aquilo que Deus havia falado no nosso coração estava se confirmando. Foram muitas curas e milagres que aconteceram e que acontecem até hoje. Este ano completamos 19 anos do Grupo de Oração “Santo Estêvão”, para honra e glória de Nosso Senhor Jesus Cristo!

• Coroinhas

Ser coroinha é um verdadeiro serviço de fé oferecido pelas crianças nas celebrações da Igreja. O coroinha serve ao altar e auxilia o padre e o diácono na Santa Missa; podem também participar de outras celebrações como batizados, procissões, novenas. A presença dos coroinhas é muito importante pois eles ajudam a comunidade a perceber a riqueza da liturgia. Para as crianças é de grande valia ser coroinha, pois eles vivenciam toda a importância do serviço a Jesus, o que desperta nelas todo o carinho e cuidado necessários para desempenhar essa função. Também é uma forma de despertar a vocação religiosa e o empenho na ação pastoral.

• Apostolado da Oração

O Apostolado da Oração constitui a união dos fiéis que, por meio do oferecimento diário de si mesmos, unem-se ao Sacrifício Eucarístico, base da fecundidade apostólica e, desta forma, colaboram com Cristo na salvação do mundo. O objetivo do Apostolado da Oração é propagar através da Oração e do testemunho de vida a devoção ao Sagrado Coração de Jesus. Zeladores: são pessoas que promovem o Apostolado da Oração, são o espírito apostólico dessa devoção e, para isso, recebem uma formação espiritual para que possam exercer o apostolado pelo testemunho de vida, pela palavra, sendo luz que inspire os fiéis à vida mais fervorosa. As reuniões são realizadas na primeira sexta-feira de cada mês, às 15:00 horas, na Igreja Matriz de São Bento. Venha participar conosco e conhecer as promessas de Jesus aos devotos do seu Sagrado Coração!

 Coordenadora: Silvia Carmem Estavam Zavarizi
 

• Devoções Marianas

Nossa Senhora é nossa Mãe, Ela acolhe nossos pedidos e leva ao Seu Filho; Ela nos ama e protege. Assim, nossa paróquia deu início em janeiro de 2019 a um momento dedicado especialmente a Nossa Senhora: todos os sábados, às 8 horas. Nos reunimos para fazer nossos pedidos, que temos que certeza que Nossa Senhora acolherá com carinho e também para louvar e agradecer por sua presença materna, nos guiando e protegendo. Venha participar desse momento tão especial! 

Fechar Menu

Somos um grupo de mulheres que rezam pelos seus filhos, inspiradas pelo exemplo de Santa Mônica, que rezou durante anos pela conversão de seu filho, Santo Agostinho. Um dia, quando rezava e chorava na igreja, um padre disse à Mônica que o filho de tantas lágrimas não se perderia. Ela rezou incessantemente e, quando Agostinho estava com 32 anos, converteu-se, tornou-se Bispo, Doutor da igreja e foi um grande filósofo. Inspiradas pelo exemplo de Santa Mônica, nos reunimos para rezar pelos nossos filhos, com a fé de que Deus irá preservá-los no bom caminho. O grupo Santa Mônica reúne-se desde de dezembro de 2017, os encontros acontecem no terceiro sábado do mês, às 8 horas.

Escrito no século XV pelo monge franciscano Bernardino de Bustis, na
Itália, o Ofício da Imaculada Conceição foi aprovado pelo Papa Inocêncio
XI, em 1678 e enriquecido pelo Papa Pio IX, em 1876.
Em Portugal sempre foi muito forte a devoção à Imaculada Conceição,
foram os portugueses que trouxeram o Ofício para o Brasil e aqui tornouse quase um patrimônio de fé do povo brasileiro. Todo o texto do Ofício é
baseado nas Sagradas Escrituras e as expressões utilizadas fazem
alegoria à Nossa Senhora. Uma antiga tradição afirma que quando
alguém na Terra reza o Ofício, Nossa Senhora se ajoelha no Céu.
Em nossa paróquia, rezamos o Ofício no segundo, no quarto e no quinto
sábado, às 8 horas, e em seguida fazemos a recitação do terço.

O Rosário Perpétuo é um movimento que nasceu na cidade de VacariaRS, onde Lécia F. de Lima, grande devota de Nossa Senhora, rezava
pela união espiritual da sua família. Lécia mudou-se em 1985 para Boa
Vista, no estado de Roraima, onde, juntamente com as Legionárias da
cidade, formaram o primeiro grupo do Rosário Perpétuo, para
homenagear Maria Santíssima. Formaram grupos de 21 pessoas
devotas de Nossa Senhora, e, dentre elas escolheram uma para
coordenação, que ficou responsável por iniciar pela manhã o Rosário
com a oração das intenções, o Credo, 1 Pai-Nosso, 3 Ave-Marias, 1
Glória e encerrá-lo no final do dia com a Salve-Rainha. Os 20 mistérios
da devoção foram distribuídos entre os demais componentes de cada
grupo, que se comprometeu a rezá-lo diária e perpetuamente nas
mesmas intenções.
A devoção espalhou-se pelo Brasil afora e chegou à Matriz de São Bento
em Araraquara onde um grupo de mães assumiu esse compromisso com
Nossa Mãezinha. Deram os primeiros passos e em dezembro de 2018,
com o apoio do pároco, Padre Marcelo, iniciaram a devoção que tem
crescido mês a mês e já conta com mais de 10 grupos, cada qual com 21
pessoas que se comprometeram com Nossa Senhora de, todos os dias,
contemplarem o Mistério do Rosário do qual foram incumbidos, bem
como as intenções do Movimento do Rosário Perpétuo.
Os membros do Rosário Perpétuo participam da missa no primeiro
sábado do mês e são responsáveis pela recitação do terço nesse dia.
Coordenadora: Helenice (16 98204-5514).
INTENÇÕES DO ROSÁRIO PERPÉTUO
Eu, ________ , neste ________ mistério _________ , contemplo
__________;
Peço a Maria que interceda a Jesus e abençoe todos os participantes do
Rosário Perpétuo e seus familiares, concedendo-lhes graças;
Peço também, pela paz no mundo;
Pelas vocações missionárias, sacerdotais, religiosas e leigas;
Pela unidade dos cristãos;
Pelas famílias;
Pela conversão da humanidade;
Pelos que sofrem doenças, fome e injustiças;
Pelo regresso dos filhos de Maria à sua Igreja;
Pelo Santo Padre, o Papa e pela Igreja Católica;
Pelo meu filho espiritual;
Pela consagração do Brasil ao Imaculado Coração de Maria;
Pela entronização dos Sagrados Corações de Jesus e Maria nos lares;
Pelas almas do Purgatório.

É uma tradição antiga da Igreja dedicar o sábado para homenagear
Nossa Senhora. Em suas aparições em Fátima, Nossa Senhora pediu
que se praticasse a Devoção dos cinco primeiros sábados em desagravo
aos pecados cometidos contra Seu Imaculado Coração. Para isso,
devemos: confessar, assistir à Santa Missa, comungar com a intenção
de reparar os pecados cometidos contra o Imaculado Coração, meditar
durante 15 minutos os mistérios do Rosário e rezar o terço. Todo
primeiro sábado às 8 horas, é celebrada a Santa Missa e depois temos a
meditação e a recitação do terço para bem cumprir essa devoção. Venha
participar!