Assim como disse Papa Pio XII se referindo a Nossa Senhora, “está misteriosamente aparentada, em virtude da união hipostática, com a Santissima Trindade e com Aquele que, só, é por essência a Majestade infinita, Rei dos Reis e Senhor dos senhores, como Filhaprimogênita do Pai, Mãe terníssima do Verbo, Esposa predileta do Espírito Santo.”

Nossa Senhora nos inspira em sua quietude e exaltação em ouvir a Palavra mediante a escuta de Deus, para que sua resposta fosse firme na execução do plano do AMOR.

Nos inspira na sua decisão de intercessão, mesmo que o momento não parecesse ser a hora, mas na inspiração humana cheia da graça, intercede nas dificuldades.

Nos inspira nos atos e na quietude mediante o sofrimento e a dor do próximo, no auxílio e nas ações a serem tomadas.

Que mães, pais e filhos se inspirem naquela que é o cerne da unidade da primeira comunidade que Deus quis construir, a família. Que toda família viva esse plano de amor traçado por Deus com o mesmo amor, confiança e fidelidade que foram vividos por Nossa Senhora.

 Assim nossas famílias alcançarão aquilo que Padre Zezinho canta, “Chamam a isso de utopia, Eu a isso chamo PAZ.”


A inspiração de Nossa Senhora na Família

Deixe uma resposta

Fechar Menu